Efeitos do treino Heavy Slow Resistance combinado com injeções de corticosteróides ou agulhamento de tendão em pacientes com epicondilite lateral: um estudo randomizado duplo-cego controlado por placebo

Revisão realizada por Todd Hargrove info

PONTOS CHAVE

  1. O treino Heavy Slow Resistance aprimorou os resultados na reabilitação a curto e longo prazo de epicondilites lateral.
Todos os pontos-chave disponíveis apenas para membros

INTRODUÇÃO E OBJETIVOS

A epicondilite lateral (popularmente nomeada como Cotovelo de Tenista) é considerada uma lesão comum pelo uso excessivo da articulação. Estudos prévios dispuseram-se a analisar a eficácia de uma série de potenciais tratamentos, a incluindo o treino Heavy Slow Resistance (HSR), injeções de corticoesteróides e agulhamento do tendão.

Trata-se de um estudo randomizado controlado a fim de comparar o efeito dos protocolos de três tratamento: (1) HSR com injeção placebo; (2) HSR combinado com injeção de corticoesteróide; (3) HSR associado ao agulhamento do tendão.

A epicondilite lateral é considerada uma lesão comum pelo uso excessivo o cotovelo.
bulb
Terapeutas devem considerar o uso do treino Heavy Slow Resistance na reabilitação da epicondilite lateral.

MÉTODOS

  • 60 indivíduos diagnosticados com epicondilite lateral, com dores crônicas, foram randomizados em três grupos: HSR com injeção placebo; HSR combinado com injeção de corticoesteróide; HSR associado ao agulhamento do tendão.
Para desbloquear o acesso total a esta Revisão e 40 mais