Exame clínico para atletas com Síndrome Pubálgico relacionado com a zona inguina: confiabilidade interexaminador e prevalência de testes positivos

Revisão realizada por Dr Alison Grimaldi info

PONTOS CHAVE

  1. A combinação de palpação da parede abdominal e testes de resistência abdominal é capaz de identificar 90% dos utentes com dor na virilha relacionada à região inguinal.
Todos os pontos-chave disponíveis apenas para membros

INTRODUÇÃO E OBJETIVOS

A dor na virilha é uma condição prevalente e impactante em atletas jovens do sexo masculino. O Acordo de Doha relata a inconsistência no diagnóstico padronizado, onde a avaliação deve abranger quatro principais componentes clínicos – dor na virilha relacionada ao adutor, dor na virilha relacionada ao iliopsoas, dor na virilha relacionada ao púbis e dor na virilha relacionada ao canal inguinal (related groin pain - IRGP) (1) . De todas os componentes, estabelecer clareza em torno do diagnóstico de IRGP talvez tenha sido o mais desafiador.

O IRGP foi definido no acordo de Doha como: dor na região do canal inguinal, potencializada com a prática de exercício (histórico) e sensibilidade do canal inguinal (exame clínico). Além disso, o diagnóstico era mais provável se a dor fosse agravada por testes de resistência abdominal ou Valsalva, tosse ou espirro.

Este estudo teve como objetivo avaliar a confiabilidade interexaminadores da palpação abdominal e testes de resistência em atletas com dor na virilha de longa data e relatar a prevalência de testes clínicos positivos em atletas classificados com IRGP.

A dor na virilha é uma condição prevalente e impactante em atletas jovens do sexo masculino.
bulb
O exame completo da região da virilha ajudará na exclusão de outras entidades clínicas, dor na virilha relacionada a anca e outras causas.

MÉTODOS

  • Este foi um estudo prospectivo em atletas do sexo masculino (n=44; idade:28,5±5,7) que compareceram a um hospital de medicina desportiva por apresentarem dor na virilha de longo prazo.
Para desbloqueares o acesso total a esta Revisão e 248 mais