Impacto Femoroacetabular e o efeito da osteocondroplastia na prevenção da osteoartrite da anca: o processo de abertura da caixa de Pandora

Revisão realizada por Dr Michael Reiman info

PONTOS CHAVE

  1. Os procedimentos de osteocondroplastia e labrum não foram associados à prevenção da osteoartrite (OA).
Todos os pontos-chave disponíveis apenas para membros

INTRODUÇÃO E OBJETIVOS

O impacto femoroacetabular (IFA) é descrito como um contato patológico entre o fêmur e o acetábulo devido à incongruência entre a forma do fêmur proximal e o acetábulo (2,3). Com base na experiência clínica de mais de 600 deslocações cirúrgicas do quadril, Ganz et al. propuseram o IFA como um mecanismo para o desenvolvimento precoce da osteoartrite (OA) (4). Os procedimentos de osteoplastia associados ao IFA focam na correção da morfologia anatómica, que é proposta como causadora de OA.

Este estudo teve como objetivo avaliar o efeito da osteocondroplastia na prevenção da OA, comparando a evolução radiológica entre ancas idênticas do mesmo utente que foram submetidos a cirurgia unilateral.

O impacto femoroacetabular é descrito como um contato patológico entre o fêmur e o acetábulo.
bulb
Um mínimo de 3 meses de cuidados não cirúrgicos é garantido nesses utentes.

MÉTODOS

  • O estudo é uma revisão retrospectiva de 56 utentes com impacto femoroacetabular (IFA) que foram submetidos a artroscopia unilateral em 2009. As ancas operadas (OP) e não operados (N-OP) foram comparados em todos os utentes.
Para desbloqueares o acesso total a esta Revisão e 260 mais