Tratamento não cirúrgico do impacto femoroacetabular em adolescentes: resultados clínicos de 5 anos: um estudo prospectivo

Revisão realizada por Dr Michael Reiman info

PONTOS CHAVE

  1. Este estudo apoia o papel do tratamento não cirúrgico em utentes adolescentes com síndrome do impacto femoroacetabular com melhorias nos relstadas pelos participantes 5 anos após o início do tratamento.
Todos os pontos-chave disponíveis apenas para membros

INTRODUÇÃO E OBJETIVOS

O foco principal do tratamento relacionado ao impacto femoroacetabular têm sido os resultados pós-cirúrgicos. Há uma escassez de literatura investigando resultados não cirúrgicos.

Este estudo relata resultados a longo prazo, mostrando melhorias nos scores de resultados num acompanhamento médio de 2 anos (1). Portanto, o objetivo principal deste estudo prospectivo foi examinar a taxa de sucesso de um protocolo não cirúrgico, utilizando repouso obrigatório, fisioterapia (PT), modificações de atividade e (se necessário) injeções intra-articulares.

Há uma escassez de literatura investigando resultados não cirúrgicos para impacto femoroacetabular.
bulb
Este estudo proporcionará uma boa discussão com pacientes e cirurgiões em um processo de tomada de decisão compartilhada.

MÉTODOS

Consiste em um estudo prospectivo com os utentes recrutados para a investigação original (1).

Para desbloquear o acesso total a esta Revisão e 66 mais