Adequação do paciente para artroplastia total de joelho e probabilidade de resultados favoráveis

Revisão realizada por Dr Anthony Teoli info

PONTOS CHAVE

  1. Medidas relatadas pelo paciente sobre 'prontidão/disposição para artroplastia total do joelho (TKA - total knee arthroplasty)' e 'expetativas com a TKA', avaliadas no pré-operatório, aumentaram significativamente a capacidade de discriminar aqueles que tiveram um bom resultado da TKA, em comparação com medidas de “necessidade de TKA” apenas.
Todos os pontos-chave disponíveis apenas para membros

INTRODUÇÃO E OBJETIVOS

Aproximadamente 20% dos pacientes relatam dor persistente após a artroplastia total do joelho (TKA- total knee arthroplasty) (1). Investigações anteriores examinaram vários critérios de adequação da TKA (sintomas dos pacientes, comorbilidade, gravidade radiográfica e exame clínico) para determinar se é razoável considerar a realização da operação, tendo em conta as circunstâncias particulares do paciente (2,3). No entanto, nenhum critério incorpora explicitamente as expetativas ou preferências dos pacientes em relação ao tratamento.

Por conseguinte, o objetivo deste estudo foi determinar a capacidade de quatro domínios de adequação (necessidade de TKA, estado de saúde, prontidão/disposição e expetativas cirúrgicas) para discriminar, no pré-operatório, aqueles que teriam ou não um bom resultado após a TKA.

Cerca de 20% dos pacientes referem dor persistente após a artroplastia total do joelho.
bulb
Os pacientes com osteoartrite do joelho que estão a aguardar uma artroplastia total do joelho devem receber toda a informação necessária para pesar os potenciais benefícios e riscos da cirurgia e tomar uma decisão informada.

MÉTODOS

  • Os quatro domínios seguintes foram avaliados no pré-operatório:
Para desbloqueares o acesso total a esta Revisão e 284 mais