Ausência de resultados com exercício em alguns utentes com osteoartrite de joelho: um estudo qualitativo com beneficiados e não beneficiados pelo protocolo

Revisão realizada por Dr Anthony Teoli info

PONTOS CHAVE

  1. Perceber os fatores que podem potencialmente influenciar a resposta às intervenções de exercício em utentes com OA de joelho, pode orientar os clínicos a identificar utentes em risco de não resposta ao exercício e considerar estratégias para otimizar os resultados.
Todos os pontos-chave disponíveis apenas para membros

INTRODUÇÃO E OBJETIVOS

Embora o exercício tenha mostrado efeitos moderados na dor e na função física em utentes com osteoartrite (OA) de joelho, não está claro por que alguns beneficiam de intervenções baseadas em exercícios, enquanto outros não (1). Estudos qualitativos podem esclarecer os fatores que os utentes percebem como influenciadores da resposta ao tratamento baseado em exercícios e, por sua vez, facilitar a identificação precoce de indivíduos que não serão beneficiados pela prática.

Portanto, o objetivo deste estudo qualitativo foi comparar as percepções dos participantes sobre por que eles responderam ou não a um programa de exercícios e atividades físicas orientado por um fisioterapeuta.

Não está claro por que alguns utentes com OA de joelho beneficiam de intervenções baseadas em exercícios, enquanto outros não.
bulb
Um conjunto separado de exercícios menos elaborados(“programa de resgate”) pode ser fornecido para encorajar o utente a exercitar-se mesmo durante o episódio de dor.

MÉTODOS

Este foi um estudo qualitativo dentro de um estudo randomizado controlado. Vinte e seis participantes com OA de joelho foram selecionados de acordo com a resposta (n = 12 beneficiados, 14 não beneficiadoss com base nas mudanças na dor e

Para desbloqueares o acesso total a esta Revisão e 260 mais