Cirurgia primária versus reabilitação primária para o tratamento de lesões do ligamento cruzado anterior: uma revisão sistemática e metanálise

Revisão realizada por Linda Truong info

PONTOS CHAVE

  1. Existem apenas três ensaios clínicos randomizados disponíveis que compararam a cirurgia precoce à reabilitação após uma ruptura do ligamento cruzado anterior (LCA), com apenas um estudo randomizado controlado de alta qualidade publicado.
Todos os pontos-chave disponíveis apenas para membros

INTRODUÇÃO E OBJETIVOS

Ainda não há consenso na literatura a melhor indicação de tratamento em lesões de ligamentos cruzados anterior (LCA). Embora a reconstrução do LCA (RLCA) seja a abordagem mais comum para o gerenciamento de lesões do LCA, será esta a melhor abordagem? A cirurgia não garante que os atletas terão um retorno bem-sucedido ao esporte (1) e o risco de reincidência permanece alto, com até 20% sofrendo uma lesão no enxerto do LCA ou no membro contralateral (2).

Esta revisão sistemática e meta-análise teve como objetivo sintetizar evidências de alta qualidade comparando a eficácia da cirurgia primária versus reabilitação após ruturas do LCA.

A reconstrução do ligamento cruzado anterior não garante que os atletas tenham um retorno bem-sucedido ao esporte e o risco de reincidência permanece alto.
bulb
Devemos ser cuidadosos na forma como estruturamos as opções de tratamento para os utentes, pois alguns precisarão de reconstrução do LCA e outros serão bem tratados não cirurgicamente.

MÉTODOS

  • Esta é uma revisão sistemática viva, o que significa que será atualizada todos os anos por um período mínimo de 6 anos. Os estudos incluídos foram ensaios clínicos randomizados que compararam o RLCA primário (de qualquer técnica) a qualquer estratégia
Para desbloquear o acesso total a esta Revisão e 66 mais