O efeito de exercícios de equilíbrio de tarefa única e dupla no equilíbrio em idosos com estenose espinhal lombar degenerativa: um estudo controlado randomizado

Revisão realizada por Dr Mariana Wingood info

PONTOS CHAVE

  1. Adultos mais velhos com estenose espinhal lombar correm maior risco de cair.
Todos os pontos-chave disponíveis apenas para membros

INTRODUÇÃO E OBJETIVOS

Entre os adultos mais velhos, a estenose espinhal lombar (LSS) é a causa mais comum de dor lombar (1). O LSS também pode afetar a marcha e o equilíbrio de um adulto mais velho, resultando em um risco aumentado de queda. Outro exemplo é a deterioração da propriocepção lombar que pode resultar da disfunção muscular lombar. Estas alterações afetam o equilíbrio e aumento o risco de queda e dessa forma, é fundamental encontrar intervenções que minimizem essas alterações em idosos com LSS.

Entre indivíduos sem LLS, a dupla tarefa é uma intervenção de prevenção de quedas com resultados promissores (2,3). A dupla tarefa é uma estratégia de intervenção que faz com que os idosos executem desempenhos cognitivos e motores simultaneamente (2). Os achados sobre como as intervenções de dupla tarefa afetam o equilíbrio e o risco de queda entre pacientes com LLS é limitado.

Este estudo teve como objetivo comparar os efeitos de programas de exercícios de equilíbrio de tarefa única e de tarefa dupla no desempenho e na confiança ao desempenhar atividades desafiadoras ao em adultos com LSS.

A estenose espinhal lombar é a causa mais comum de lombalgia em idosos.
bulb
O programa de exercícios de tarefa dupla foi superior ao programa de exercícios de tarefa única em melhorar os resultados do teste de caminhada de 10 metros e a velocidade de caminhada, com ou sem tarefa cognitiva dupla.

MÉTODOS

Participantes:

Para desbloqueares o acesso total a esta Revisão e 272 mais