Como determinar o nível de radiculopatia cervical: concordância entre a inspeção visual dos desenhos de dor e a ressonância magnética

Revisão realizada por Dr Sarah Haag info

PONTOS CHAVE

  1. Os desenhos de dor são ferramentas clínicas úteis em conjunto com uma avaliação completa de uma pessoa com dor.
Todos os pontos-chave disponíveis apenas para membros

INTRODUÇÃO E OBJETIVOS

Desenhos de dor normalmente são utilizados como parte da avaliação de pessoas com dor. A identificação dos sintomas radiculares é possível através dos desenhos de dor, entretanto, a precisão do nível de envolvimento da medula espinhal ainda não foi estabelecido (1).

Este estudo foi uma análise secundária de uma base de dados coletados de pacientes com radiculopatia cervical identificada por ressonância magnética. O objetivo deste estudo foi investigar a concordância entre o nível de radiculopatia cervical derivado de desenhos de dor, ressonância magnética e diagnóstico similar de quatro clínicos - baseados na avaliação do desenho da dor.

Os desenhos de dor são frequentemente utilizados como parte da avaliação de pessoas com dor.
bulb
O desenho da dor pode oferecer uma visão da experiência do paciente em relação à sua dor.

MÉTODOS

  • Dois fisioterapeutas e dois cirugiões de coluna avaliaram 98 desenhos de dores de um estudo prévio a comparar a eficácia de duas intervenções de reabilitação pós-operatória para pacientes submetidos a cirurgia para radiculopatia de nível único confirmada por ressonância magnética.
Para desbloquear o acesso total a esta Revisão e 28 mais