A eficácia da reeducação da marcha na cinemática, cinética, desempenho, dor e lesão da corrida em corredores de longa distância: uma revisão sistemática com meta-análise

Revisão realizada por Tom Goom info

PONTOS CHAVE

  1. 19 estudos preencheram os critérios de inclusão, mas apenas dois foram em pessoas com lesão relacionada à corrida.
Todos os pontos-chave disponíveis apenas para membros

INTRODUÇÃO E OBJETIVOS

A reeducação da marcha de corrida cresceu em popularidade com o potencial de diminuir a carga nos tecidos sensíveis, reduzir o risco de lesões e melhorar o desempenho. Apesar desse potencial, faltam evidências de alta qualidade e a maior parte do apoio vem de estudos pequenos e não controlados, principalmente em populações saudáveis.

Esta revisão sistemática e meta-análise teve como objetivo sintetizar as evidências de estudos randomizados controlados que examinaram o efeito da reeducação na cinemática (por exemplo, ângulo de adução do quadril), cinética (por exemplo, taxa de carga vertical), desempenho, dor e lesão em corredores de longas distâncias.

A reeducação da marcha de corrida cresceu em popularidade com o potencial de diminuir a carga no tecido sensível, reduzir o risco de lesões e melhorar o desempenho.
bulb
A melhor abordagem na clínica pode ser trabalhar individualmente para ver se o retreinamento da marcha pode ser útil para o utente à sua frente.

MÉTODOS

  • O estudo trata-se de uma revisão sistemática (a seguir as diretrizes PRISMA).
Para desbloquear o acesso total a esta Revisão e 40 mais