Podemos reduzir o risco de lesões durante o surto de crescimento da adolescência? Uma sequência iterativa de prevenção em jogadores de futebol masculinos de academia

Revisão realizada por Sam Blanchard info

PONTOS CHAVE

  1. Os três factores de risco identificados foram: 88% a 92,8% da estatura adulta prevista, uma taxa de crescimento de ≥7,2 cm/ano e aumentos no comprimento das pernas de ≥3,6 cm/ano.
Todos os pontos-chave disponíveis apenas para membros

INTRODUÇÃO E OBJETIVOS

Lesões no futebol podem limitar o tempo de jogo e de treino, impedindo o desenvolvimento do jogador. Para além dos efeitos imediatos, as lesões podem ter impactos físicos e psicológicos duradouros, elevando o risco de futuras lesões, problemas de saúde mais amplos, taxas de abandono e esgotamento desportivo. O surto de crescimento da adolescência, marcado pelo crescimento acelerado após o início da puberdade, introduz riscos adicionais de lesões em jovens atletas. O ponto mais rápido de crescimento, conhecido como pico de velocidade de crescimento (PHV - peak height velocity), ocorre por volta dos 13,8 anos em média nos homens. Lidar com lesões durante esta fase crucial de crescimento torna-se crucial para o bem-estar, desempenho e retenção sustentada dos jogadores.

O objetivo deste estudo foi utilizar uma colaboração interdisciplinar entre treinadores técnicos, cientistas desportivos e equipa médica para mitigar o risco de lesões em jovens jogadores de futebol do sexo masculino.

O ponto mais rápido de crescimento, conhecido como pico de velocidade de crescimento (PHV), ocorre por volta dos 13,8 anos em média nos homens.
bulb
Ao identificar factores de risco relacionados com o momento e a taxa de crescimento, a academia de futebol deste estudo foi capaz de implementar uma abordagem multidisciplinar que foi bem recebida tanto pelos treinadores como pelos jogadores.

MÉTODOS

Um grupo de 77 jogadores de futebol masculino foi observado durante duas temporadas. Os jogadores em risco foram identificados com base no status de maturidade somática e nas taxas de crescimento em estatura, utilizando limites que variam de 88% a

Para desbloqueares o acesso total a esta Revisão e 248 mais