Uma correlação positiva entre injeções de esteróides e roturas do tendão da coifa dos rotadores: um estudo de coorte a partir de um banco de dados clínico

Revisão realizada por Todd Hargrove info

PONTOS CHAVE

  1. A injeção de esteróides foi associada a um risco 7,4 vezes maior de rotura doa coifa dos rotadores do que a não injeção em utentes com diagnóstico de doença no ombro.
Todos os pontos-chave disponíveis apenas para membros

INTRODUÇÃO E OBJETIVOS

A dor no ombro é comum durante uma consulta clínica na atenção primária, totalizando 1,2% das consultas de clínica geral, o que corresponde a 6,9-34% de toda a população e 21% das pessoas com mais de 70 anos (1). A dor no ombro pode ocorrer por vários motivos, causando sofrimento físico e mental. Portanto, tratamentos eficazes são essenciais para melhoraria dos resultados.

Os tratamentos de fisioterapia para dor no ombro podem consistir em terapia manual, exercícios, educação, eletroterapia e bandagens. No entanto, os esteróides locais têm sido amplamente adotados para várias queixas musculoesqueléticas pelo seu rápido alívio da dor e efeitos anti-inflamatório. Embora as injeções de esteróides possam fornecer uma redução eficaz a curto prazo da dor no ombro, existe a preocupação de que possam ter efeitos negativos na saúde do tendão.

Este estudo investigou a associação entre injeções de esteróides para doenças do ombro e roturas da coifa dos rotadores.

As injeções de esteróides podem proporcionar uma redução eficaz a curto prazo da dor no ombro.
bulb
Devido ao maior risco de rotura da coifa dos rotadores, os clínicos devem considerar os potenciais efeitos negativos associados à injeção de esteróides para dor no ombro.

MÉTODOS

  • Os autores coletaram dados de um hospital relacionado a utentes com diagnóstico de doença do ombro. Os participantes foram divididos em dois grupos: aqueles que receberam uma injeção de esteróides para dor no ombro e aqueles que não receberam.
Para desbloquear o acesso total a esta Revisão e 66 mais